Policiais terão que se explicar após flagra em casa de prostituição

Policiais terão que se explicar após flagra em casa de prostituição

Inspetor estava com carro de delegacia descaracterizado

Um delegado e um inspetor da Polícia Civil foram flagrados ontem por agentes da Corregedoria da instituição em uma termas, em Copacabana, Zona Sul. Os agentes foram ao local checar denúncia de que um policial estaria trabalhando como segurança e motorista para o dono do estabelecimento.

A informação não foi confirmada, mas os agentes constataram que Celso Diógenes Martins, da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), usou viatura Nissan Frontier descaracterizada da unidade para ir ao local. O delegado Cláudio Góis, da Divisão Antissequestro (DAS), alegou que marcou encontro para pedir favor a Celso.

Os dois policiais foram levados para a 13ª DP (Ipanema), onde foi feito registro. Celso disse à polícia que o delegado ligou, marcando encontro para conversa. Ele informou que chegou ao local às 21h30, assistiu jogo de futebol e encontrou com Gois na entrada do estabelecimento. O policial deixou a casa à 1h45, quando foi abordado por agentes da Corregedoria que estavam de campana do lado de fora. A viatura que ele usava foi revistada.

Fonte: O Dia Online