Policial civil é executado com tiro na cabeça e tem arma roubada

A companheira dele estava presente e conseguiu sair ilesa.

Um policial identificado como Vinícius de Morais Mendes morreu após ser atingido com um tiro na cabeça na região da Pampulha, em Belo Horizonte. De acordo com informações da Polícia Civil, o policial foi vítima de um assalto, já que sua arma foi levada pelos criminosos. 

Relatos dão conta de que Vinícius a e a co0mpanheira, ainda não identificada, caminhavam por uma rua quando dois homens em um carro, placa e modelo não identificados, se aproximaram. Ao perceber que um deles estava armado, pediu que a mulher corresse. Um desceu e efetuou vários tiros contra o policial. 

Ferido, foi imediatamente socorrido e levado para um Hospital, onde passou dois dias internado, mas não resistiu e morreu. Um suspeito foi preso. A companheira do policial estava presente e conseguiu sair ilesa.

O delegado-geral, João Octacílio Neto, era amigo da vítima  e lamentou o ocorrido. “Quero manifestar meus sentimentos à família do nosso colega e dizer que estamos todos trabalhando em conjunto para responsabilização dos autores”, afirmou.

Polícia investiga o caso
Polícia investiga o caso




Fonte: Com informações do G1