Policial civil é morto no Rio quando voltava de corrida na praia do Rio

Policial civil é morto no Rio quando voltava de corrida na praia do Rio

Um suspeito foi preso e um menor, detido, na noite desta quinta (20)

Um policial civil, identificado como Marcelo Mazei Ramalho, de 36 anos, foi morto na noite desta quinta-feira (20), na Praça do Ó, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O agente voltava de uma corrida na praia, quando foi abordado por três criminosos armados. O policial tentou pegar sua arma, que estava no carro, mas foi baleado na cabeça e morreu no local, conforme mostrou o Bom Dia Rio.

Um suspeito foi preso e um menor que também participou do crime foi detido. Policiais fizeram uma perícia e tentaram obter impressões digitais dos suspeitos. Uma câmera da prefeitura pode ter registrado a ação. Marcelo trabalhava como inspetor na 18ª DP (Praça da Bandeira)

De acordo com a polícia, o objetivo dos criminosos era levar o inspetor até um caixa eletrônico para fazer um saque. Com o menor, a polícia encontrou um revólver calibre 38 milímetros.

Buscas na madrugada

Durante a madrugada, aproximadamente 50 policiais da Divisão de Homicídios (DH) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) fizeram buscas na comunidade Rio das Pedras, também na Zona Oeste. Eles percorreram vários endereços. Não houve troca de tiros.

O preso, identificado Walace Gomes da Silva, segundo a polícia, foi quem atirou no inspetor. Ele já tem passagem por roubo e estava foragido. A polícia procura o terceiro suspeito de ter participado do crime: Antônio João da Silva Júnior, de 18 anos.

Fonte: G1