Policial corta olho da ex-mulher com golpe de estilete ao descobrir traição

Os golpes por pouco não deixaram a vítima cega; suspeito foi preso em flagrante

Um policial foi preso na zona oeste do Rio instantes após atacar a ex-companheira com golpes de canivete no estacionamento de um supermercado. A mulher teve o rosto furado duas vezes e por pouco não teve o olho atingido. Segundo a vítima, o objetivo do agressor era deixá-la cega como um castigo pela recente separação.


Policial corta olho de ex com estilete após descobrir traição

Os dois foram casados por 12 anos e estavam separados há dois meses. Na delegacia, Fábio Albertino Generoso negou que tenha usado um canivete na ação. Ele argumentou que ficou revoltado quando descobriu que a mulher o traiu com um miliciano e disse que a feriu com uma chave, não com um estilete.

Testemunhas chamaram a polícia após a briga no estacionamento. A delegada titular da Delegacia de Campo Grande (35ª DP) disse que, no momento da prisão, Fábio carregava um estilete na mochila. Ele criou dificuldade para ser levado à delegacia.

Fonte: r7