Policial é detido acusado de cobrar pedágio de motoristas

Segundo PMs, ele cobrava R$ 10 de cada carro para ir até uma festa em Itaipu.

Um inspetor da Polícia Civil de 47 anos foi detido no fim da noite da última sexta-feira, em Itaipu, região oceânica de Niterói, suspeito de interditar a principal via do bairro, a estrada Francisco da Cruz Nunes, e cobrar uma espécie de pedágio de motoristas que seguiam para uma festa na região.

O policial é lotado na Delegacia de Itaipu, a aproximadamente 300 metros do local onde montou a barreira com cones e cavaletes. Os policiais do Batalhão de Choque da PM também levaram para a delegacia dois homens, de 24 e 48 anos, que seriam ajudantes do inspetor no esquema.

De acordo com os policiais do Batalhão de Choque, o policial civil estava cobrando R$ 10 de cada motorista que passasse pela barreira para estacionar o carro e ir a um evento tradicional da região. Com carro particular, mas com giroscópio no teto, o inspetor disse aos PMs que a cobrança era autorizada pela prefeitura e pela delegacia da área.

Com o trio detido, foram apreendidos uma bolsa com R$ 2.428, crachás com nomes de funcionários de um estacionamento, um cartaz da festa, coletes reflexivos, radiotransmissores, além dos cavaletes e cones.

O caso foi levado para a Delegacia Supervisora, no centro do Rio, que encaminhou para a Delegacia de Icaraí (77ª DP), que funcionava como central de flagrantes.

Fonte: r7