Policial é feito refém em assalto seguido de perseguição e tiroteio

O grupo é acusado de diversos roubos no município de Nilópolis, também na Baixada, na mesma noite

Um policial militar do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap) foi feito refém durante um assalto ocorrido na Baixada Fluminense, na noite desta quarta-feira. Ele foi libertado por colegas de farda, sem ferimentos. Os quatro suspeitos foram perseguidos por sete quilômetros. Houve troca de tiros. O carro dos bandidos acabou batendo e um deles morreu. Os demais conseguiram fugir.

O policial passava de moto pelo bairro Jardim Botânico, em São João de Meriti, quando foi abordado pelos bandidos, que estavam num carro. Ao perceberem tratar-se de um PM, o grupo o colocou no automóvel. Dois homens seguiram na moto e os demais, no carro.

A Polícia Militar foi acionada e realizou a perseguição. Quando passavam pela região da Via Light, no bairro Tomazinho, os bandidos perderam a direção do veículo e bateram num muro. O grupo é acusado de diversos roubos no município de Nilópolis, também na Baixada, na mesma noite. Duas vítimas teriam reconhecido o homem morto.

Fonte: Extra