Policial, instrutor de artes maciais, é morto a tiros em academia

Os três homens fugiram em seguida em um carro.

Um policial militar foi morto a tiros dentro de uma academia de ginástica na avenida Carneiro Ribeiro, no Jardim Vila Formosa, zona leste de São Paulo, por volta das 20h30 de quarta-feira (20). Ele trabalhava no local como professor de artes marciais.


Policial, instrutor de artes maciais, é morto a tiros em academia

Por volta das 20h30, três homens pediram à recepcionista da academia para conhecer a aula de jiu-jitsu. Após apresentar os homens ao professor, ela deixou a sala.

Quando retornava à recepção, a mulher ouviu os tiros. Os três homens fugiram em seguida em um carro.

Segundo André Machado da Cruz, proprietário da academia, no momento do crime havia pelo menos dez alunos na sala e nenhum ficou ferido.

O caso será registrado no 69º Distrito Policial Teotônio Vilela.

Fonte: Folha