Policial mata esposa com quatro tiros e se mata em seguida durante briga

Corpos do militar e vítima serão enterrados nesta segunda-feira (7)

Será enterrado nesta segunda-feira (7) o corpo do policial militar que matou a própria esposa e se matou em Mário Campos, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O sepultamento do cabo Ronald Martins Feliciano, de 42 anos, será realizado às 10h, no Cemitério da Paz, na região noroeste de Belo Horizonte. O enterro da vítima, Regina de Jesus da Silva Belo Feliciano, de 40, irá ocorrer no Cemitério Bom Jardim, em Mário Campos, também nesta segunda.

O crime ocorreu na noite do último sábado (5), quando o casal, que tinha uma filha de 12 anos e estava em processo de separação, discutiu dentro da casa ainda morava junto, na rua Presidente Melo Viana, bairro Vila Tânia.

No calor da briga, o policial pegou a sua arma de trabalho e atirou quatro vezes contra a sua mulher. Em seguida, o cabo fez um disparo contra a própria cabeça. O casal morreu antes da chegada do socorro.

Ronald era lotado no 48º Batalhão da Polícia Militar e estava na corporação há 18 anos.

Fonte: r7