Policial militar da reserva é executado com cinco tiros ao sair de jogo no CE

Um outro policial, que estava no local, ainda reagiu baleou um dos suspeitos, que fugiu

Um policial da reserva remunerada da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) foi morto a tiros por volta das 21h30 de ontem, no cruzamento das ruas Doutor Estênio Gomes com Leblon Maia, no bairro Vila Peri.

De acordo com a Polícia, a vítima, Paulo Sérgio Braga de Oliveira, 53, estava assistindo ao jogo entre Ceará e Fortaleza em um bar quando dois homens chegaram em uma motocicleta vermelha. Um dos acusados desceu da moto e efetuou os disparos na cabeça do militar.

Um outro policial, que estava no local, ainda reagiu baleou um dos suspeitos, que fugiu. Patrulhas da PM realizam diligências em busca do homem ferido em unidades hospitalares da Grande Fortaleza (Capital e região metropolitana), mas até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso pela Polícia.

Ainda segundo informações da PM, nenhum pertence foi levado da vítima. O Serviço Móvel de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local tentou reanimar a vítima, mas constatou o óbito.

Atentado

O policial da reserva já havia sofrido um atentado. A reportagem apurou que nessa tentativa de homicídio ele foi baleado no olho e perdeu a visão. No entanto, mesmo ferido, ele teria atingido os dois homens, que morreram. Uma das linhas de investigação da Polícia para a execução seria vingança.

Equipes do Serviço Reservado da PM auxiliaram, na noite de ontem, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na investigação do crime.

Fonte: Diário do Nordeste