Policial Militar é assassinado com tiro de escopeta por servidora pública no Ceará

O tiro atingiu o tórax e a cabeça do militar, que teve morte instantânea

Um policial militar foi assassinado, na tarde de ontem, na cidade de Chor? (a 165 quil?metros de Fortaleza). O cabo PM Jos? Willians Rodrigues, 41 anos, foi atingido com um tiro de escopeta (calibre 12) disparado por uma mulher. A acusada foi identificada como sendo a servidora p?blica Maria da Concei??o Xavier Rocha Nogueira, 33, que, segundo apurou a Pol?cia, sofre de crises nervosas e est? afastada do trabalho por ordem m?dica.

O caso ocorreu por volta das 16 horas, quando uma patrulha da PM retornou ? sede da unidade policial depois de empreender uma a??o de policiamento no Munic?pio. Um dos militares, no entanto, acabou esquecendo dentro da viatura a escopeta calibre 12.

Escopeta

A servidora p?blica teria se aproximado da viatura e apanhado a arma. ?Os policiais estavam no pr?dio, tomando ?gua, quando, de repente, ouviram umas pancadas, era a mulher que tinha se apoderado da escopeta e come?ou a bater nos vidros da RP?, disse um dos moradores pr?ximos do local onde ocorreu o crime. Com a arma, Maria da Concei??o quebrou os vidros dianteiro e traseiro da viatura. Quando o cabo Rodrigues percebeu o movimento estranho na rua, se dirigiu at? l? e foi surpreendido com o disparo. O tiro atingiu o t?rax e a cabe?a do militar, que teve morte instant?nea.

A servidora acabou sendo atingida com um tiro na perna e foi dominada. Em seguida, levada para o hospital da cidade e, dali, recambiada para a cidade de Quixad?, onde foi lavrado o auto de pris?o em flagrante delito por homic?dio.

Segundo o delegado-regional de Quixad?, Aur?lio Pereira de Ara?jo, a fam?lia da servidora apresentou um atestado provando que, recentemente, ela foi afastada do servi?o por conta das crises nervosas.

?A arma que ela utilizou para atirar contra o militar est? apreendida, assim as armas que os demais policiais usavam na hora do fato?, disse Aur?lio ao Di?rio do Nordeste. A Pol?cia vai solicitar um exame de sanidade mental na acusada. O PM assassinado era natural de Quixad?, onde ser? enterrado.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br