Policial militar é morto a tiros  durante assalto a farmácia no Maranhão; suspeitos foram presos

Policial militar é morto a tiros durante assalto a farmácia no Maranhão; suspeitos foram presos

Ambos são suspeitos de prestar suporte à quadrilha que executou policial

Dois homens suspeitos de envolvimento na morte do militar reformado Acrísio da Paixão Caldas, 52, durante assalto a uma farmácia do Jardim América, estão detidos deste o início da tarde desta segunda-feira (16). Ambos são suspeitos de prestar suporte aos três outros membros da quadrilha que executou o policial.

O primeiro dos suspeitos, de 19 anos, é proprietário do veículo utilizado na ação. Segundo a polícia, ele receberia parte do dinheiro obtido durante o assalto. O segundo preso tem 18 anos e era proprietário da casa, no bairro Santa Clara, onde o grupo tramou o assalto.

Além deles, outro membro do grupo, Eduardo Tyron Nascimento, o Pixixita, foi baleado após troca de tiros com a polícia. Ele chegou a ser conduzido para o Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: G1