Policial militar leva esbarrão, faz confusão, atira dentro de boate lotada e é preso em flagrante

Policial militar leva esbarrão, faz confusão, atira dentro de boate lotada e é preso em flagrante

O agente pode pegar quatro anos de prisão, além de ser expulso da corporação

Um policial militar se envolveu em uma briga dentro de uma boate em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e pode pegar cerca de quatro anos de prisão, além de ser expulso da corporação. O PM estava de folga quando entrou na casa de show armado e se envolveu na confusão.

Segundo testemunhas, Eduardo Tales Lopes Pires, de 27 anos, teria discutido com um rapaz por causa de um esbarrão. Durante a briga, Pires se identificou como policial e fez disparos para o alto. Ninguém ficou ferido.

Ele foi preso em flagrante e levado para o BEP (Batalhão Especial Prisional), em Benfica, na zona norte do Rio. Pires foi indiciado com base no Estatuto do Desarmamento, que prevê detenção de um a quatro anos por disparo de arma de fogo. Ele deve responder a um processo administrativo na corporação.

Assista ao vídeo:

Fonte: r7