Policial militar mata ex-namorada em frente a show no Pará

Ele usou uma pistola que pertence a Polícia Militar

Um soldado da Polícia Militar foi preso após atingir a ex-namorada Ariana Piedade Farias, de 22 anos, com seis tiros, no município de Castanhal, nordeste do Pará, na noite do último domingo (4). O crime aconteceu na frente do parque de exposições da cidade, onde um show sertanejo era realizado, como parte da programação de uma feira agropecuária.

Image title

O corpo de Ariana está sendo velado na casa de familiares no município de São Domingos do Capim. O sepultamento está marcado para a manhã desta terça-feira (6), no cemitério da cidade.

De acordo com a Polícia Civil, o policial estava determinado a matar a vítima, tanto que ignorou a presença de equipe policiais da Rocam e da PRF que estavam próximos. Ele usou uma pistola ponto 40 da Polícia Militar.

Os tiros foram disparados nas costas de Ariana. Após matar a vítima, o suspeito que estava à paisana, foi imobilizado e preso."Todos foram surpreendidos pela ação, não tiveram como agir preventivamente", disse o delegado Temmer Kayath.

O corpo da vitima foi levado para o IML de Castanhal e liberado nesta manhã. O soldado, de 25 anos, era lotado no município de Vigia. Depois de prestar depoimento, ele foi transferido para o presídio Anastácio das Neves em Santa Izabel do Pará.

A vítima era estudante de educação física e atuava como modelo em desfiles de beleza e lojas de moda na região. Segundo a Polícia Civil, a jovem chegou a morar junto com o policial, no entanto após o término ele não aceitava o fim do relacionamento. Recentemente chegou a ameaçar a vítima de morte, por mensagem em uma rede social.

Fonte: Com informações do G1