Policial Militar morre em tiroteio na favela

Ele passava pelo local quando foi atingido

Duas pessoas foram atingidas por balas perdidas durante um confronto entre policiais e suspeitos na favela da Grota, no conjunto de favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, na madrugada desta sexta-feira (16).

Uma delas era um PM, que não participava da operação e acabou morrendo quando passava pelo local. Uma mulher de 29 anos que passava de carro no momento foi atingida nos pés e levada para a Unidade de Pronto Atendimento da região.

A suspeita era que granadas ativadas estariam nas pistas. Elas foram lançadas por bandidos contra a equipe de dois batalhões que faziam patrulhamento na região da favela da Grota. Uma delas atingiu o veículo blindado da PM . Foi quando começou a troca de tiros.

Os policias tentavam chegar à favela depois de receberem informações de que um grupo armado estava preparando uma invasão a uma outra comunidade domindada por uma facção criminiosa rival. O alvo seria o Morro do Urubu, em Pilares, Zona norte do Rio.

Em um outro ponto, um carro do Batalhão de Choque que tinha sido chamado para reforçar a operação acabou sendo atacado pelos bandidos. O disparo não atingiu a patrulha, mas o motorista perdeu a direção e bateu.

Em outra comunidade do Rio, Cantagalo, em Ipanema, Zona Sul da cidade, quatro granadas e munição foram apreendidas pelos PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Três suspeitos conseguiram fugir.

Fonte: g1, www.g1.com.br