Policial militar preso por porte ilegal de arma no Ceará

Segundo as vítimas, o militar estava visivelmente embriagado

O policial militar Francisco Hermínio Pinheiro Filho, 38, foi preso, na manhã de ontem, sob acusação de porte ilegal de arma. O militar está licenciado há cerca de dois anos para tratamento médico. Segundo testemunhas, com um revólver 38 na mão, o PM obrigou que dois funcionários de um posto de gasolina no bairro Itaoca enchessem o tanque do seu carro. O PM saiu sem pagar os R$ 80,00 do combustível. Segundo o delegado Antônio Carlos Serafim, que estava de plantão no 5º DP, ele foi autuado por porte ilegal de arma.

Segundo as vítimas, o militar estava visivelmente embriagado e ordenou que o frentista enchesse o tanque do carro. O problema, conforme o funcionário, é que o PM deu a ordem apontando a arma para ele.

O coronel Sérgio Costa, do CPC, ordenou que o militar fosse submetido a exames toxicológico e etílico. Após o flagrante o PM foi levado para o presídio militar no 5º BPM.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br