Policial militar reformado é morto a tiros no MA; vítima sofria ameaça

Uma faca foi encontrada no local. O policial estaria sofrendo ameaças.

O sargento reformado da Polícia Militar, Carlos Alberto Santos Gaspar, de 62 anos, foi assassinado a tiros, na manhã de ontem (16), em São Luís do Maranhão. O crime aconteceu por volta das 10h, em um beco que liga as ruas Santa Helena e São Luís, no Bairro do João Paulo. Carlos Alberto estava aposentado há aproximadamente dez anos.

Segundo o tenente Furtado, do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), as primeiras informações dão conta de que a vítima, que reside na Rua Santa Helena, teria entrado no beco em direção à Rua São Luís quando foi alvejado por um homem desconhecido. O tenente explicou que, ao lado do corpo do policial reformado, foi encontrada uma faca.

?Parece que ele sempre andava com esta faca, mas ainda não sabemos o porquê disso. Infelizmente, ninguém presenciou o crime; portanto, ainda não temos informações sobre o autor dos disparos ou qualquer outro possível desafeto?, afirmou.

Um morador, que preferiu não ser identificado, disse que a vítima andava com a faca para se proteger, uma vez que estaria recebendo ameaças. Ele relatou ainda que ouviu, de outros vizinhos, que o sargento teria se envolvido em uma discussão com outro homem nas imediações da Feira do João Paulo, minutos antes do crime. De acordo com a perícia do Instituto de Criminalística (Icrim), Carlos Alberto foi atingindo com três tiros no tórax, tendo morte imediata ainda no local.

Fonte: Jornal Pequeno