Policial militar vira refém de ladrões de carros no Ceará

Policial militar vira refém de ladrões de carros no Ceará

Um dos criminosos é deficiente físico e, ainda assim, dirigiu o carro roubado

O sargento PM Roberto Cândido, lotado no 14º Batalhão de Polícia Militar (Itaitinga), percebeu a aproximação ao seu veículo de um homem que tinha apenas uma perna e usava muletas, na manhã de ontem, no Distrito Industrial, em Maracanaú-CE. O que ele não sabia era que o jovem deficiente físico iria assaltá-lo e o manteria como refém por cerca de uma hora, sob a mira de um revólver calibre 38.

Depois de ameaçar o PM de morte, o jovem de muletas e um adolescente de 17 anos, o levaram em seu próprio carro. A dupla era formada pelo ex-presidiário e deficiente físico Roberto da Silva Costa, 22; e pelo garoto. Depois do roubo do automóvel, os assaltantes abandonaram o militar, sem roupas, nas margens de uma lagoa, no bairro Jangurussu, e fugiram.

A filha adolescente do militar, que presenciou a ação criminosa, mas não foi levada pelos assaltantes, acionou a Polícia. De acordo com o sargento Cândido, o assalto teve início na Avenida Contorno Norte, em Maracanaú. O PM estava de folga, na companhia da filha de 15 anos, e havia parado em uma farmácia para que a garota pudesse fazer uma compra.

Arma

"Percebi a chegada do deficiente passando próximo ao carro e, em seguida, o outro (adolescente) encostou a arma na minha cabeça e mandou ir para o banco do passageiro. Para a minha surpresa, o rapaz sem uma das pernas foi para a direção, enquanto o outro sentou no banco traseiro com a arma sempre apontada para minha cabeça", contou o militar.

Ao ser deixado no Jangurussu, o PM pediu a ajuda de moradores, que forneceram um calção, além de um celular para que ele pudesse ligar para a Ciops e informar a direção que os assaltantes haviam tomado.

Um cerco foi montado e o veículo acabou localizado na BR-116,em Itaitinga, por policiais militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG) do 14º BPM, sob o comando do subtenente PM Wellington Alves, além de por patrulhas do Ronda do Quarteirão. Depois da detenção, os dois foram levados para o 14º DP (Distrito Industrial). Roberto Silva foi autuado em flagrante por roubo qualificado (com restrição da liberdade).

Fonte: Diario do Nordeste