Policial sem farda é morto ao abordar suspeitos de roubo de carro

Policial foi morto após abordar dois suspeitos em um carro roubado

O policial militar morto em uma abordagem  na tarde de segunda-feira (4) na Zona Sul de Porto Alegre será enterrado nesta terça-feira (5) na cidade de Cachoeira do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul. Três suspeitos foram rpresos e um adolescente foi apreendido por suspeita de terem participado da morte do soldado. No entanto, eles foram liberados após serem ouvidos.

Image title

 Luis Carlos Gomes da Silva Filho tinha 29 anos e era casado. Ele foi morto com um tiro na cabeça quado abordava dois suspeitos em um veículo branco. Ele estava sem fardamento no momento da morte porque trabalhava no setor de inteligência da Brigada Miltiar.

De acordo com a polícia, ele realizou a abordagem após desconfiar do comportamento dos dois suspeitos. Quando ele consultou a placa do veículo verificou que se tratava de um carro roubado. Ele solicitou apoio pelo rádio e iniciou a abordagem. Enquanto discutia com os suspeitos chegou a atirar na perda de um deles.

Entre os detidos, nenhum tem envolvimento com a morte do policial, mas deles segue presos porque era foragido do sistema prisional. Os demais suspeitos foram liberados pela polícia.

Fonte: Com informações do G1