Polícias vão receber armas de choque para combater crack

Equipamentos só serão usados em casos extremos, diz governo federal.

O Ministério da Justiça vai distribuir para as polícias dos Estados brasileiros armas não letais para conter usuários de crack. A medida, prevista no programa do governo federal "Crack, é possível vencer", entregará sprays de pimenta e armas de choque, conhecidas como tasers, às autoridades estaduais.

A medida, porém, só será tomada pelos 12 Estados que assinaram o programa. São eles Acre, Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O Ministério da Justiça reforça que a força policial só será usada após a intervenção das instituições de saúde e assistência social. Nestes Estados, as polícias estão sendo treinadas para adotar o emprego de armas de fogo apenas após esgotarem as chances de diálogo e após o uso de armas de menor potencial ofensivo, como spray de pimenta e os tasers.

Este tipo de atitude está previsto em tratados internacionais, que defendem o escalonamento do uso da força pelas polícias. O Ministério da Justiça, dentro do programa de combate ao crack, reforça que a força só seja usada em casos extremos, para garantir a segurança das pessoas envolvidas.

Fonte: R7, www.r7.com