Polinter registra mais de 20 roubos a motos por dia em THE; recuperação é de 60%

Polinter registra mais de 20 roubos a motos por dia em THE; recuperação é de 60%

A Polinter é o termômetro para medir o nível de violência que resulta nesse tipo de ocorrência

Todos os dias são furtadas ou tomadas de assalto mais de 20 motos em Teresina. Uma marca que causa prejuízo e pânico para as vítimas. Alguns dos casos foram registrados por câmeras de populares ou por circuitos internos.

Um dos casos, registrado recentemente, aconteceu na rua 1° de maio, no bairro Real Copagri, na zona norte. ?Além de tomarem o nosso transporte, eles podem matar a gente se não entregar a moto. Por isso, eu procuro as ruas e avenidas mais movimentadas e com uma pessoa do lado?, disse uma condutora.

A Polinter é o termômetro para medir o nível de violência que resultam nesse tipo de ocorrência. O marceneiro Geilton Oliveira faz parte das estatísticas, ele foi assaltado na noite desta quarta-feira, 9, no bairro Santa Bárbara, na zona leste de Teresina. ?Eu fui pegar minha filha e ele(o bandido) me abordou apontando uma arma para mim e levou a minha moto.?

Nesta sexta-feira, 11, foram registrados na Polinter, dois Boletins de Ocorrência de assaltos a motos entre 8h e 9h30. A recuperação desse tipo de veículo chega, no máximo, a 60%, ou seja, de cada 100 motos roubadas, somente 60 chegam de volta às mãos dos seus donos.

Fonte: Denison Duarte