PI: População tenta agredir acusado de matar criança

A confusão aconteceu após o término do trabalho dos peritos

Aconteceu na quarta-feira (08), a reconstituição da morte do estudante, Isac José da Luz Sousa, de 8 anos. Os peritos deram início aos trabalhos fotografando os passos e ouvindo os envolvidos do crime ocorrido em Picos, no último dia 3 de março.

O trabalho dos peritos foi acompanhado por dezenas de curiosos entre familiares, vizinhos e amigos do garoto assassinado. Como forma de protesto vários cartazes, com pedidos de justiça, e fotos do garoto foram espalhados próximo ao local onde aconteceu a reconstituição.

Após o término da reconstituição os populares se revoltaram. No momento que o acusado do crime, Martim Borges da Silva, sua esposa e a advogada de defesa deixavam o local houve um principio de tumulto. Populares xingaram, gritaram para pedir justiça e até tentaram agredi-los. A polícia teve dificuldade para colocar o trio nas viaturas e sair do local.

?É muita emoção, está todo mundo muito abalado. Os populares também, todo mundo do bairro se revoltou, fizemos o protesto, a manifestação. Foi bastante emocionante só que a gente se sente aliviado porque a gente está vendo que a justiça está sendo feita. O que a gente queria está acontecendo. O garoto não volta mais infelizmente, mas ele não pode voltar no convívio com sociedade para não acontecer isso com outras famílias?, disse a prima Isac, Luciana Luz.







Fonte: diaadiapicos