População usa paus e facões para matar suspeito de abusar de criança

O susposto estuprador, de 24 anos, estava na unidade de saúde para passar por exames de corpo de delito.

Moradores de Nova Crixás, no interior de Goiás, invadiram um hospital e mataram um homem suspeito de abusar sexualmente de uma criança. O susposto estuprador, de 24 anos, estava na unidade de saúde para passar por exames de corpo de delito.

Ele tinha sido preso roubando uma casa e era suspeito de dois casos de abuso sexual. Um deles contra uma criança de seis anos. Imagens, feitas por um cinegrafista amador, mostram a população, enfurecida, invadindo o hospital e agredindo o homem.

Havia policiais no local, mas eles não conseguiram conter as pessoas. Ele foi morto com com paus e facões. Um exame de DNA será feito para confirmar se o homem cometeu o abuso.

Veja vídeo:

Fonte: r7