Por herança, homem é morto por irmão na frente das filhas na Paraíba

Testemunhas do crime foram levadas para a delegacia, onde prestaram depoimento e foram liberadas

Uma briga entre irmãos por causa de herança terminou com um morto e outro ferido nesta terça-feira, na cidade de Gurinhém, no Agreste paraibano. Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu em um sítio, diante de duas filhas da vítima, de sete e 14 anos.

De acordo com o major Valmir César, que participou da ocorrência, os envolvidos eram irmãos por parte de pai e vinham brigando há algum tempo. A última discussão, de acordo com o PM, aconteceu após uma audiência no fórum sobre a partilha de bens. ?Eles discutiam por causa da pensão deixada pelo pai, que morreu. Além dos irmãos, havia no local a viúva do pai deles, que não é mãe de nenhum dos dois, e duas jovens?, disse o policial.

Segundo a polícia, quando o agricultor Zenaldo Milton dos Santos, 36 anos, adentrou pela porteira da propriedade, foi abordado pelo irmão, Cícero Milton dos Santos, 41 anos. Durante a discussão, Cícero feriu o irmão com um punhal e, logo em seguida, foi alvejado por Zenaldo, já ferido, com pelo menos três tiros. ?A confusão toda aconteceu na porteira. Eles brigaram e acabaram se ferindo, tudo isso diante das filhas de Cícero, que acompanharam tudo?, falou o major.

De acordo com a polícia, após os disparos, parentes das vítimas chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar. Cícero Milton dos Santos não resistiu aos ferimentos e morreu no local, já Zenaldo foi socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Seu estado de saúde é estável.

Testemunhas do crime foram levadas para a delegacia, onde prestaram depoimento e foram liberadas.

Fonte: Terra