Por medo de assalto, posto de Saúde passa a noite de portas fechadas em THE

Por medo de assalto, posto de Saúde passa a noite de portas fechadas em THE

A população se queixa de assassinatos e tiroteios constantes na região.

A Unidade Integrada de Saúde do Monte Castelo fica aberta durante o dia e à noite, mas, no período noturno, o atendimento somente acontece com os funcionários trancados e quem precisa de consultar os profissionais tem que bater à porta para ser atendido e mostrar a identidade.

Toda a equipe de Saúde e os soldados que fazem a segurança ficam trancados por causa dos assaltos e constante uso de drogas.

A população se queixa de assassinatos e tiroteios constantes na região. A informação é que quem promove o medo é oriundo de outros bairros. ?Eles invadem casas, roubam motos e provocam terror no bairro?, dizem os moradores.

As praças do bairro estão sempre lotadas de pessoas estranhas. Segundo informações, são pessoas que praticam delitos e vão se refugiar na praça. No mesmo bairro, há comerciantes que foram assaltados quatro vezes e se recusam a conceder entrevistas.

Os moradores não querem ser identificados, não falam com a imprensa e não prestam maiores esclarecimentos sobre os casos, tudo isso por medo de retaliações.

Fonte: Denison Duarte