Por questão de segurança, câmeras gravam assaltos em ônibus de Fortaleza

Em outro registro, um casal entra no ônibus armado com um revólve

Para prevenir assaltos a ônibus, empresas de transporte de Fortaleza decidiram usar câmeras. Boa parte da frota passou a circular com o equipamento.

Imagens gravadas por uma câmera mostram um motorista sendo ameaçado com um facão. O assaltante encosta a arma no pescoço e na cabeça da vítima. As cenas de terror duram menos de dois minutos. Depois, os ladrões fugiram.

Em outro registro, um casal entra no ônibus armado com um revólver. Um dos passageiros reage e domina um dos assaltantes, que foi preso em flagrante.

O cobrador Ailton Lopes já foi assaltado quatro vezes e lembra que ficou sob a mira de revólver e faca. ?Nessa hora tem que manter a tranquilidade, por mais que seja uma situação difícil?, disse ele.

Controle

As imagens são monitoradas em uma sala. Os fiscais têm o controle de mais de 200 carros que circulam pela capital. Pelo rastreamento, ficam sabendo a localização exata do ônibus. Em caso de perigo, um sinal vermelho aparece na tela dos computadores. Em seguida, a polícia e a empresa são acionadas.

Dos ônibus que circulam na capital cearense, 90% têm câmeras e localizador via satélite. As empresas investiram R$ 3 milhões em segurança nos últimos anos.

Segundo o sindicato das empresas de ônibus, a violência dentro dos transportes coletivos diminuiu 50% nos últimos quatro anos. "Os assaltos vêm caindo. Em alguns momentos, há espasmos de retorno. Hoje a população já vem deixando de trazer dinheiro para dentro do ônibus para usar cartão. O cartão eletrônico traz essa segurança", afirma Dimas Barreira, diretor da entidade.

Fonte: g1, www.g1.com.br