Gerente de hotel é espancado, amarrado e queimado vivo após uma noitada na Escócia

Gerente de hotel é espancado, amarrado e queimado vivo após uma noitada na Escócia

Stuart Walker, de 28 anos, foi espancado e queimado vivo nas primeiras horas da manhã deste sábado (22)

Stuart Walker, de 28 anos, foi espancado e queimado vivo nas primeiras horas da manhã deste sábado (22). A polícia acredita que Walker, gerente do Hotel Royal, tenha sido brutalmente assassinado por causa de sua opção sexual. Seus restos mortais totalmente carbonizados foram encontrados às 05h deste sábado por populares da Escócia, que suspeitam que Walker tenha sido vítima de ataque homofóbico.

Os detetives do caso lançaram hoje o inquérito que investigará a morte de Walker. ?Ele havia saído com amigos para noitada, e foi visto pela última vez por um colega da família perto de uma estação, cerca de 3h antes de ter sido encontrado morto?, disse o detetive John Hogg.

A polícia está investigando todas as festas que aconteceram nas propriedades vizinhas nas primeiras horas da manhã de sábado, mas até agora não se sabe nada do assassinato do gerente de hotel.


Por ser gay, gerente de hotel é espancado, amarrado em poste e queimado vivo

Fonte: Daily Mail