Porteiro de escola é suspeito de abusar de criança de nove anos

Porteiro de escola é suspeito de abusar de criança de nove anos

Crime ocorreu há um ano. Só agora a criança denunciou o abuso.

A polícia no município de Itabuna, sul da Bahia, investiga a denúncia de estupro contra uma criança de nove anos. O principal suspeito pelo crime é o porteiro de uma escola no bairro Nova Califórnia.

De acordo com a delegada Ivete Santana, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), a criança passava na frente da escola com regularidade, porque mora próximo à instituição. Em uma dessas ocasiões, o porteiro teria levado a menor para o banheiro da escola, onde aconteceu o abuso sexual.

A delegada informa que o fato aconteceu há um ano, mas que só esta semana a criança fez a denúncia. Em depoimento à polícia, a vítima disse não conseguir dormir por conta de pesadelos frequentes. A criança foi encaminhada para o Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social).

O suspeito confessou o crime para a delegada, relatando ter sido a única vez. Ele é servidor da instituição há três anos e não pode ser preso, por não ter sido flagrado. O caso foi encaminhado à Justiça.

O secretário de Educação da cidade de Itabuna, Gustavo Lisboa, pediu afastamento do funcionário do cargo na terça-feira (14). Ele solicitou à Corregedoria do município abertura de sindicância e inquérito administrativo para demiti-lo por justa causa. O suspeito tem 26 anos, é casado e não tem filhos.

Fonte: g1, www.g1.com.br