TJ condena prefeito à prisão por pedofilia no PI

TJ condena prefeito à prisão por pedofilia no PI

Geraldo Mineiro (PT) teria violentado uma garota de 8 anos; cabe recurso

O prefeito de Sebastião Barros, Geraldo Mineiro (PT), foi condenado, por unanimidade no Tribunal de Justiça do Piauí, a perder o mandato e a oito anos de prisão por supostamente abusar de uma garota de 8 anos do município. O julgamento de Sebastião se deu na 2ª Câmara Criminal. O relator do caso foi o desembargador Joaquim Santana.

A condenação se baseou a partir de uma denúncia feita na CPI da Pedofilia, em Brasília, e no crime de atentado violento ao pudor com presunção de violência.

O prefeito, no entanto, ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça e responderá ao processo em liberdade.

O abuso teria acontecido em uma viagem à Teresina da menina com o prefeito para tratamento de saúde.

Fonte: Portal Meio Norte