Prefeito preso por corrupção é solto após pagar fiança de R$ 50 mil

Polícia chegou aos acusados após o promotor receber denúncia

Na noite da última sexta-feira (30), o prefeito de Barreiras do Piauí, Divino Alano Barreira Seraine (PMDB) foi preso acusado de corrupção eleitoral. Além do gestor foram presos os secretários de Finanças e Educação. 

Com os acusados, a Polícia Militar encontrou R$ 57 mil, documentos, um notebook, celulares, além de material de campanha. 

De acordo com o prefeito, ele apenas havia pego uma carona com os secretários e os valores seriam referentes à venda de um veículo, que teria sido realizada por um dos gestores na cidade de Corrente, extremo sul do Estado. 

A polícia chegou aos acusados após o promotor da cidade, Márcio Carcará, receber uma denúncia anônima. De acordo com a denúncia, os acusados distribuiriam o dinheiro entre eleitores de duas comunidades rurais da cidade de Barreiras do Piauí. 

O prefeito e os secretários foram encaminhados para a delegacia regional de Corrente e acabaram sendo liberados no sábado (01), após o pagamento de fiança.  de R$ 50 mil para o prefeito e de R$ 10 mil para cada um dos secretários.

Policiais apreenderam R$ 57 mil com os acusados (Crédito: Reprodução)
Policiais apreenderam R$ 57 mil com os acusados (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte