Prefeito é morto a tiros dentro de casa

A mulher do prefeito, Jussara Perdigão de Carvalho, estava no banheiro e saiu assustada.

A polícia de Minas Gerais procura por dois homens suspeitos de assassinar a tiros o prefeito de São Sebastião do Maranhão, no Vale do Rio Doce. Gildeci Gomes Sampaio (PTB) foi morto com três tiros em casa por volta das 19h de terça-feira (13). A polícia informou que os homens chegaram na casa em uma moto. Enquanto um ficou na porta dando cobertura, o outro entrou armado e atirou contra o prefeito e um vendedor, Ademar de Oliveira Leal, que estava com ele na sala. Os dois morreram no local.

A mulher do prefeito, Jussara Perdigão de Carvalho, estava no banheiro e saiu assustada. ela foi a primeira a ver os dois baleados na sala. Alci Eduardo Mendes estava construindo uma cerca na casa do prefeito e viu a cena do crime logo depois. Os suspeitos fugiram.

Na madrugada desta quarta-feira (14), a polícia fez uma perícia no local do crime. Policiais militares e civis de Governador Valadares devem chegar ainda nesta quarta a São Sebastião do Maranhão para tentar encontrar os assassinos.

Familiares de Gildeci Sampaio revelaram à polícia que ele corria perigo por causa de divergências políticas, mas não souberam informar quem fazia as ameaças. Sampaio foi eleito no ano passado com 3.978 votos, 66% do total. A cidade tem cerca de 10 mil habitantes e fica a 351 km de Belo Horizonte.

Fonte: R7, www.r7.com