Prefeitura derruba casa utilizada para tráfico no RJ

A construção, erguida numa área de 300 metros quadrados de encosta acentuada,

A Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop) do Rio de Janeiro demoliu nesta quarta-feira uma casa na ladeira Ary Barroso, no Leme. O imóvel, de construção ainda incompleta, estava desabitado. Segundo a polícia, ele teria servido de quartel-general do tráfico antes do projeto de pacificação do morro Chapeu Mangueira.

A construção, erguida numa área de 300 metros quadrados de encosta acentuada, não poderia ser legalizada e era considerda área de risco. A Secretaria Municipal de Urbanismo já havia notificado com Edital de Embargo o responsável pela construção em 2003 e novamente em agosto deste ano.

Não havia como garantir as condições de segurança, conservação e higiene da estrutura levantada devido a inexistência de profissional técnico responsável pela execução da obra.

Participaram do choque de ordem no Leme uma equipe de 100 pessoas entre: agentes da Seop, da Secretaria Municipal de Obras, garis da Comlurb, Defesa Civil, Subprefeitura da Zona Sul, guardas municipais e apoio de policiais militares.

A Prefeitura promete revitalizar a área desmatada que abrigava a construção clandestina.

Fonte: Terra, www.terra.com.br