Presa acusada de mandar matar o marido

A polícia ainda prendeu o filho de Maria, Rafael Veloso Almeida, 18 anos, e outras duas pessos

Uma mulher é a principal suspeita de ter mandado matar o marido na noite desta segunda-feira no bairro Alto Cabral, em Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte. A Polícia Militar (PM) chegou até o local depois de ser acionada pela própria suspeita.

Segundo o policial Gilbert Fernando, da PM de Sabará, Maria Lúcia Veloso Almeida, 41 anos, contou que havia escutado um barulho forte no quarto, mas que não sabia o que havia acontecido. "Ela demonstrou uma frieza, que levou a gente a suspeitar da versão", afirmou o militar.

Adriano Leocadio, 35 anos, dormia quando levou seis tiros. Ao ser interrogada, a mulher dele disse que havia mandado matá-lo. "Ela justificou o crime contando que o marido batia nela constantemente", afirmou o policial.

A polícia ainda prendeu o filho de Maria, Rafael Veloso Almeida, 18 anos, e outras duas pessoas, Marcos Vinícius Rosa Matos, 23 anos, conhecido como Paraíba, e Pedro Henrique do Santos, 18 anos. Os três foram localizados em uma outra residência próximo da casa e são suspeitos de participação no crime.

Fonte: Terra, www.terra.com.br