Presa mãe acusada de espancar filha recém-nascida no Piauí

Ela é suspeita de quebrar as costelas de filho de apenas 17 dias.

Na quinta-feira, dia 10, a policia realizou a prisão de uma mulher, ainda não identificada, suspeita de espancar sua própria filha de apenas 16 dias, no município de Várzea Grande, a cerca de 211 km de Teresina. A recém-nascida segue internada em estado grave na UTI do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

De acordo com a coordenadora de Comunicação Social do HUT, jornalista Ana Flávia, a criança de 16 dias de vida apresenta hematomas pelo corpo e foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da instituição hospitalar. Ela falou que por se tratar de criança, o caso é acompanhado sob sigilo e foi o Conselho Tutelar de Várzea Grande que resgatou a criança da residência da família e a encaminhou para tratamento médico de emergência no HUT.

“O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar de Várzea Grande, que solicitou um perito do Instituto de Criminalística da Secretaria Estadual de Segurança Pública para ir ao hospital e avaliar como ocorreu o espancamento do bebê.", informou. 

O bebê, que deu entrada no HUT na noite de quarta-feira, está sendo acompanhado por médicos que fizeram seu acompanhamento clínico. Os profissionais de saúde avaliam que foi o caso mais grave de agressão contra uma criança registrado no estabelecimento hospitalar.


Fonte: Portal Meio Norte