Presa quadrilha que falsificava empréstimos

Suspeitos também clonavam cartões; prejuízo era de R$ 300 mil por mês

A Polícia Civil de Sorocaba, a 99 km de São Paulo, prendeu na manhã desta quarta-feira (5) dez suspeitos de integrar uma quadrilha suspeita de falsificar documentos para conseguir empréstimos consignados e clonar cartões de crédito. Os golpes rendiam cerca de R$ 300 mil em dinheiro e mercadorias por mês

Segundo a polícia, o bando também abria crediários em lojas de departamentos em nomes de outras pessoas. Um aposentado que foi uma das vítimas tomou um susto quando descobriu que tinha uma dívida de R$ 9 mil por um empréstimo consignado.

A quadrilha era investigada pela polícia desde outubro do ano passado. O bando conseguia os dados das vítimas por meio de equipamentos eletrônicos instalados em caixas automáticos e máquinas semelhantes às usadas para o pagamento de compras com cartões de débito ou crédito, mas que armazenam os dados de quem as usou.

Estas máquinas ficavam em lojas, muitas vezes com a permissão dos comerciantes, que recebiam por isso. De acordo com a polícia, a quadrilha agia em várias cidades da Grande São Paulo e também no interior do estado.

Com os presos, foram encontrados documentos falsos e papéis para falsificação.

Fonte: g1, www.g1.com.br