Presa suspeita de vender falsos atestados médicos em MG

As pessoas que compravam papéis adulterados devem ser procurada

A polícia prendeu, na quarta-feira (26), uma mulher suspeita de vender receitas e atestados médicos falsificados, em Belo Horizonte. Segundo as investigações, a comercialização dos documentos era realizada em um consultório, onde ela trabalhava como secretária havia nove anos.

O esquema foi denunciado pelo patrão. A polícia diz que a suspeita alterava os pedidos de medicamentos de uso controlado, para emagrecer, com um carimbo original e assinatura falsificada do ginecologista.

Aos policiais, a secretária teria confessado a ação. Ela estaria vendendo receitas e atestados há seis meses.

As pessoas que compravam papéis adulterados devem ser procuradas. Se for comprovado que houve má-fé, elas também podem ser indiciadas.

Fonte: g1, www.g1.com.br