Presa uma suspeita de sequestrar bebê

A criança estava com a mãe em um quarto do Hospital São José do Avaí, em Itaperuna

Uma mulher suspeita de sequestrar um bebê dentro de um hospital de Itaperuna, no Noroeste do estado do Rio de Janeiro, foi presa em flagrante. Ela teria se passado por enfermeira e levado a criança para outro município.

A criança estava com a mãe em um quarto do Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, quando uma mulher vestida de branco disse que precisava levar o bebê para um exame de rotina.

?Foi um choque, inacreditável, na hora que falaram que ele tinha sido sequestrado. Você se prepara para tudo, menos pra isso?, conta o pai do bebê, Laudimar Borges.

A suspeita teria saído do hospital com o bebê e teria ido de táxi para Toiama, Zona Rural de Itaperuna. De lá, teria conseguido carona para o município de São José de Ubá. A polícia encontrou a falsa enfermeira na casa dela com o récem-nascido.

Presa em flagrante, a mulher foi levada para a delegacia em Itaperuna. De lá, ela será transferida para o presídio feminino em Campos, e se for condenada, pode pegar até seis anos de prisão.

?Ela me falou que está tendo leite. Provavelmente ela deve estar com uma gravidez psicológica. O estado emocional dela não deve estar muito bom, por isso eu acredito que ela tenha cometido esse crime?, disse o delegado Felipe Poyes.

O irmão da suspeita contou que a irmã é mãe de três filhos e passa por um momento difícil. Josimar disse que ela tem culpa, mas o hospital também deve ser responsabilizado.

?Ela tem que pagar o que ela fez, mas o hospital também tem que pagar. Como é que eles deixam uma mulher doente entrar lá dentro e raptar uma criança?, pergunta Josimar Souza.

A direção do hospital não quis se pronunciar sobre o caso e a criança já foi devolvida aos pais verdadeiros.

Fonte: g1, www.g1.com.br