Presidiário executado em casa havia saído para o Dia das Mães

Presidiário saiu para 'aproveitar' o Dia das Mães e acabou morto.

A Polícia Civil informou, nesta segunda-feira, dia 09 de maio, que Francisco Carlos Borges, 36 anos, que foi executado dentro da própria casa no domingo (08), na cidade de Picos, a cerca de 310 km de Teresina, cumpria pena por tráfico de drogas e  havia saído no indulto do Dia das Mães.

De acordo com informações da Polícia Civil, que investiga o caso, o presidiário estava dentro de sua residência quando, de repente, dois homens em uma moto, placa e modelo não identificados, chegaram e começaram a realizar os disparos de arma de fogo. Francisco Carlos ainda tentou fugir pelo muro da  casa, mas não houve tempo. Ele foi ferido e morreu no local.

O delegado regional Divanilson Sena informou que Carlinhos, como era conhecido entre amigos e familiares, havia sido liberado há poucos dias. Para o delegado, tudo leva a crer que a execução foi motivada por um acerto de contas.

A perícia criminal indicou que a vítima foi atingida com cinco disparos, sendo atingido no pé, nas costas, no braço e na cabeça. Francisco Carlos Borges deixa esposa e dois filhos menores.

Local onde Francisco Carlos Borges foi assassinado (Crédito: Reprodução)
Local onde Francisco Carlos Borges foi assassinado (Crédito: Reprodução)





Fonte: Portal Meio Norte