Preso advogado que vendia o gabarito de vestibular por R$ 40 mil em todo o país

Ele diz que aplica o golpe há muito tempo, em muitas faculdades - a preços variáveis

Foi preso em Minas Gerais um homem suspeito de vender resultados de provas de vestibular em todo o Brasil.

Por telefone, o estelionatário oferece o resultado das provas do vestibular para medicina.

Produtor: ?você tem um esquema aí para o vestibular hoje, é isso??

Estelionatário: ?o preço é R$ 35 mil, e paga depois. Normalmente eu cobro a vista, entendeu? Agora posso parcelar no cheque. Dá R$ 25 mil de entrada e R$ 10 mil você me paga cinco de R$ 2 mil. Se não passar, não paga nada?.

A equipe acompanhou um policial à paisana no encontro com o estelionatário em um hotel, em Pouso Alegre. Ele revela que uma outra pessoa faz a prova e envia as respostas pelo celular aos candidatos.

Ele diz que aplica o golpe há muito tempo, em muitas faculdades - a preços variáveis. ?Há 19 anos. Brasil inteiro, os de São Paulo eu cobro R$ 40 mil. Para o pessoal de Minas é mais barato. Pessoal da capital, em São Paulo, tem mais dinheiro?, afirma o estelionatário.

Ao final da conversa, o policial anuncia a prisão. No quarto do hotel, a polícia encontrou cartelas de chips de celulares e uma agenda com nomes e números de telefones.

Fernando Aparecido Cantarelli tem 65 anos, e é advogado em Caconde, no interior de São Paulo. Ele teve a prisão preventiva decretada por dez dias. ?Quem tem conhecimento de como funcionou o esquema, que viu o funcionamento, procure a policia. Venha trazer para nós as informações e colaborar com a Justiça e com a polícia?, afirma o delegado Tomás Edson Vivas de Resende.

Fonte: g1, www.g1.com.br