Preso bandido que apareceu no orkut

As patrulhas passaram a procurar os acusado

Policiais da 4ª Companhia do 6º BPM (Conjunto Ceará) prenderam, no fim da manhã de ontem, um homem acusado de cometer vários assaltos a estabelecimentos comerciais existentes na área do Grande Bom Jardim. Na hora em que foi preso, Cléber Anderson Gomes da Silva, o ?Peba?, 20, estava com um revólver calibre 38 especial. Segundo a Polícia, a arma é a mesma com que o acusado e outros comparsas aparecem em fotografias colocadas nas páginas do orkut, site de relacionamentos da internet.

As fotos serviram para que motopatrulheiros da Força Tática de Apoio (FTA-Motos) da 4ª Companhia do 6º BPM conseguissem identificar e localizar Cléber. De acordo com o major PM Océlio Alves, comandante da companhia, na última quarta-feira (25), ?os policiais obtiveram a informação de que um grupo que estava aterrorizando o bairro, praticando assaltos, afrontando a Polícia, exibindo fotografias e posando com armas de fogo?.

Após acessar o site e imprimir as fotos, as patrulhas passaram a procurar os acusados. No fim da manhã de ontem, um dos acusados foi localizado, em uma residência, no bairro Granja Portugal.

Segundo a Polícia, ao receber voz de prisão, Cléber ainda tentou pular o muro de sua casa, mas acabou detido. Ele foi levado para o 32º DP (Bom Jardim) e autuado, em flagrante delito, pelo delegado Jacob Stevenson, por porte ilegal.

Stevenson afirmou que Cléber foi reconhecido por testemunhas e vítimas como integrante de uma quadrilha responsável por, pelo menos, quatro assaltos na região. ?Por esse motivo nós estamos instaurando um inquérito policial para apurar a participação dele nesses roubos?, afirmou.

Segundo a Polícia, Cléber e os outros dois homens são os autores dos assaltos em um posto de combustível, na semana passada, em uma pizzaria, em um mercadinho e também roubaram uma moto.

Na delegacia, demonstrando timidez e medo, atitude diferente das exibidas anteriormente nas fotografias retiradas da internet, onde aparecia mostrando poder, Cléber afirmou que a página em que a Polícia encontrou sua foto pertence a um amigo. Ele disse também que não praticou os assaltos pelos quais está sendo acusado e teria sido reconhecido por algumas vítimas.

Vaidade

Para o major Alves, que comanda o policiamento na área do Grande Bom Jardim, Cléber foi vítima da própria vaidade. ?Eles colocavam as fotos na internet para intimidar outros bandidos rivais e também para se exibir, mostrar poder. O que ele não pensou era que a gente iria ver as fotos e usá-las para ir atrás dele?, destacou.

No fim da manhã de ontem, após a prisão de Cléber, as fotografias haviam sido retiradas da página onde ele e seus amigos apareciam armados.

Em algumas fotos Cléber aparece na companhia de dois homens, cada um deles com um revólver na mão. Muitas vezes, as fotos eram tiradas na rua, durante o dia, o que demonstra a afronta dos acusados aos órgãos policiais.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br