Preso com amigos, todos armados, jovem debocha: "Vamos ficar famosos"

Maciel de Carvalho foi detido com pistola conhecida como "mata polícia".

Preso com uma pistola calibre .45, conhecida como ?mata polícia?, devido ao alto poder de fogo, o jovem Marciel de Carvalho, 20 anos, estava rindo e debochando de toda a situação. Ele foi levado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) da Serra, junto com mais quatro amigos ? dois deles também armados com revólveres calibre 38.

A Polícia Militar fazia patrulhamento pela Avenida Vitória, por volta das 23h30. Os militares viram um Fiat Uno branco, que trafegava com todas as luzes apagadas. Isso chamou a atenção dos policiais, que decidiram abordar o veículo.

A viatura passou a seguir o Fiat Uno por cerca de 400 metros. No percurso, viram quando os ocupantes do carro jogaram vários objetos pela janela. Eles fizeram a abordagem e encontraram cinco buchas de maconha dentro do veículo.

Com o apoio de outra viatura, os militares fizeram buscas pelo trajeto e localizaram três armas: Uma pistola calibre .45, com carregador e oito munições, um revólver calibre 38 com numeração raspada e seis munições, além de outro revólver calibre 38 (com cabo branco), também municiado.


Preso com arma, jovem ri e pede para aparecer em delegacia no ES

Marciel assumiu ser o proprietário da pistola: ?A arma era minha. Era só para me defender mesmo. Não ia fazer nada com ela. Foi só isso. Agora vamos ficar famosos. Bota a gente aí na televisão e no jornal?, declarou Marciel, rindo, preso e algemado, no DPJ da Serra.

Em depoimento à polícia, ele disse que comprou a pistola no Bairro da Penha, mas afirmou não saber que era uma arma restrita das forças armadas.

Os outros detidos são Diego Brehme de Morais Rossi, 32, e Yago de Souza Militão, 21. Os dois assumiram a propriedade dos revólveres.

Os outros dois amigos deles ? de 18 e 19 anos ? vão responder a termo circunstanciado por uso de drogas. Eles foram liberados.

Fonte: G1