Preso em ação contra crack tinha RG falso do cantor Bob Marley

Operação Alquimista prendeu 3 pessoas na Grande Porto Alegre

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico do Rio Grande do Sul (Denarc) realizou nesta segunda-feira uma operação para coibir o tráfico de drogas na região metropolitana de Porto Alegre. A Operação Alquimista fechou um laboratório de crack e prendeu dois homens e uma mulher. Com um dos suspeitos, segundo a Polícia Civil, os agentes encontraram uma carteira de identidade falsa com a foto do cantor de reggae Bob Marley e a inscrição "Legalize!" no espaço da assinatura, em referência à legalização das drogas.

A ação cumpriu seis mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça, no bairro Cavalhada, em Porto Alegre, e Itapuã, em Viamão. De acordo com o delegado Mário Souza, responsável pela investigação, o grupo era investigado há cerca de três meses e seria responsável pela distribuição de crack na capital e na região metropolitana. Um dos homens presos seria o dono da fábrica de drogas.

A polícia apreendeu, além de prensas, balanças, peneiras e demais equipamentos para a fabricação da droga, 2 kg de cocaína, 45 kg de maconha e material para quase 100 mil pedras de crack. Também foram apreendidos insumos como éter etílico, diversos vidros de acetona, 10 kg de lidocaína, além de três carros e três motos, dinheiro e munição de fuzis calibres .38, .22 e 9 mm.

Fonte: Terra