Preso em cadeira de rodas rende guardas e foge a pé

Durante o trajeto, ele sacou uma arma escondida, rendeu os guardas

A polícia do Estado americano do Texas está procurando um homem condenado à prisão perpétua por crimes sexuais que fugiu esta semana quando estava sendo transferido de van de um presídio para outro.

Para a transferência, Arcade Joseph Comeaux Jr., 49 anos, havia pedido para ser transportado em uma cadeira de rodas, alegando problemas de mobilidade.

Durante o trajeto, ele sacou uma arma escondida, rendeu os guardas e obrigou o motorista a mudar o curso do veículo. Comeaux roubou o uniforme de um dos guardas, algemou todos na van e fugiu a pé.

A fuga aconteceu na segunda-feira, quando ele estava sendo transferido de um presídio na cidade de Huntsville para outro na cidade de Beaumont. Ele está sendo procurado pela polícia, que também abriu um inquérito para descobrir como o detento conseguiu obter uma arma.

Nova liderança

O caso provocou indignação entre autoridades americanas. O senador democrata pelo Texas John Whitmire disse que o sistema penal do país precisa de novas lideranças.

"Nós não podemos ter falhas de segurança desta natureza", disse ele, segundo a rede americana de TV CNN.

Comeaux tem várias passagens pela prisão durante os últimos 30 anos. Sua primeira condenação foi em 1979, pelo estupro de uma criança. Em 1983, ele recebeu liberdade condicional, mas voltou à prisão no ano seguinte por outro estupro.

Ele recebeu nova liberdade condicional em 1991, 1993 e 1996. Nas três vezes, ele violou os termos da liberdade condicional e foi preso novamente. Ele estava na prisão desde 1998.

Em 1999, Comeaux esfaqueou sua própria mulher durante uma visita. Na ocasião, ele também estava em cadeira de rodas e a usou para encurralar sua mulher contra a parede e agredi-la. A mulher sobreviveu ao ataque.

Fonte: Terra, www.terra.com.br