Preso, filho de cantor sertanejo Luciano nega agressão a sua tia

Preso, filho de cantor sertanejo Luciano nega agressão a sua tia

O crime ocorreu na madrugada, depois que o suspeito teria chegado em casa bêbado e brigado com familiares.

Filho do cantor sertanejo Luciano, que faz dupla com Zezé di Camargo, o estudante Wesley Camargo, de 25 anos, está preso em Goiânia. Ele foi detido em flagrante na sexta-feira (21) suspeito de agredir uma tia e uma prima que moram com ele e com os avós no Setor Oeste, bairro nobre da capital. O crime ocorreu na madrugada, depois que o suspeito teria chegado em casa bêbado e brigado com familiares. Ele nega ter cometido as agressões: "Quem me machucou foi minha própria tia. Tentou me empurrar da escada e eu que vou ser preso. É um absurdo".

Wesley chegou à delegacia com a camiseta rasgada e aparentes hematomas no rosto. "Todo mundo está vendo meu corpo e ela não tem nenhum roxo. Ela sai ilesa e eu que vou pagar a pena. Não agredi nenhum deles e eles montaram em cima de mim", reclama.

Responsável pelo caso, a titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), delegada Ana Elisa Martins, disse que Wesley prestou depoimento e também negou todas as acusações. "Ele afirmou que as duas mulheres é que começaram a brigar com ele e que ele é a vítima da história", revelou ao site.

A prima e a tia também foram ouvidas. Segundo a delegada, as duas contaram que Wesley é usuário de drogas e consome bebidas alcoólicas constantemente. "De acordo com elas, sempre que o Wesley bebe, fica muito agressivo", destaca. Além do suspeito e das duas vítimas, policiais militares que atuaram na ocorrência também depuseram em favor das mulheres.

Exames de corpo de delito confirmaram que as mulheres têm ferimentos na cabeça e nos braços. Como a Delegacia da Mulher não tem carceragem, o estudante foi levado para uma cela da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) e está à disposição da Justiça.

Wesley foi atuado pelos crimes de ameaça, injúria e lesão corporal contra as duas vítimas. Caso seja condenado, pode pegar até sete anos e meio de prisão.

Ao site, a assessoria de imprensa da dupla Zezé di Camargo e Luciano informou apenas que Luciano está passando férias nos Estados Unidos e que Zezé está em Natal em um compromisso profissional.O empresário da dupla também foi procurado, mas o telefone dele estava desligado.

Fonte: G1