Preso homem que matou um após ser chamado de corno

O crime ocorreu em 2003 nas proximidades de um escritório de contabilidade quando os dois amigos iniciaram uma briga

A Polícia Civil de Campo Maior cumpriu nesta sexta-feira (03/01) o mandato de prisão expedido ontem pelo Juiz Edson Alves contra Milton Ribeiro de Mesquita, de 42 anos, que foi condenado pelo assassinato de Antonio Francisco de Oliveira, vulgo Formiga, mas recorreu em liberdade.

O crime ocorreu em 2003 nas proximidades de um escritório de contabilidade quando os dois amigos iniciaram uma briga após Formiga chamar o amigo de "corno". Milton desferiu-lhe uma facada na barriga, e a vítima faleceu no dia seguinte.

O homicida foi preso em flagrante, mas só ficou preso por 23 dias. Somente em 2003 ele foi levado a júri popular e condenado. O mandato de prisão foi expedido após o processo transitar em julgado. Ele deverá cumprir a pena que foi de 05 anos de prisão

Fonte: Campo Maior em Foco