Preso homem vendeu cachorra por R$ 10 para comprar crack

Wesley Gabriel Avelar foi visto ao pular o portão da casa em direção à rua com o animal.



Um homem de 23 anos foi preso em flagrante em Jaú (287 km de São Paulo) acusado de furtar um cachorro da raça basset e vendê-lo a R$ 10 para comprar crack. Milka, de três meses de idade, estava em casa na companhia de outra cachorra da família, Laka, de um ano, quando foi furtada pelo homem, no bairro Jardim Pires de Campos, no último sábado (13).

Wesley Gabriel Avelar foi visto ao pular o portão da casa em direção à rua com o animal. Mais tarde, ele foi detido pelo dono da cachorra, o calçadista Anselmo Aparecido Pucci, 21, e um vizinho dele que testemunhou o furto e afirmou conhecer o jovem.

Avelar então assumiu que havia vendido o animal e indicou onde ele estava. Após o dono recuperar a cachorra, Avelar teria corrido para dentro do banheiro de um salão de beleza para evitar possíveis agressões. Ele só deixou o local depois que a Polícia Militar foi chamada.

O acusado foi levado para a cadeia pública de Barra Bonita (267 km de São Paulo) e a polícia não informou se ele já tem advogado constituído.

?Ainda bem que foi um final feliz. Mas ficamos assustados e decidimos mudar do bairro depois disso tudo?, afirmou a dona de Milka, Maiara Aparecida General, 23.

Fonte: UOL