Preso médico que agrediu paciente no PS

Com sinais de embriaguez e manchas de sangue na roupa, o médico foi encaminhado ao 3º Distrito Policial

O médico plantonista que foi detido na madrugada deste sábado (24) em São Bernardo do Campo, no ABC, por suspeita de agredir um casal no pronto-socorro onde trabalhava foi afastado de suas funções, segundo informou a Prefeitura de São Bernardo do Campo. Segundo testemunhas, ele teria agredido uma paciente e o namorado dela por volta das 2h30.

Com sinais de embriaguez e manchas de sangue na roupa, o médico foi encaminhado ao 3º Distrito Policial da cidade, segundo a PM. De acordo com um dos funcionários do pronto-socorro, o médico teria ficado furioso ao ser incomodado, enquanto cochilava em local reservado, pela paciente que esperava para ser atendida.

Ao ver a namorada sendo agredida, o rapaz tentou defendê-la. "Te pego lá fora, eu sei onde você mora", teria dito o médico ao namorado da paciente.

O casal agredido foi encaminhado ao pronto-socorro central da cidade. O médico negou-se a realizar o teste de bafômetro e, depois de prestar depoimento, foi liberado, segundo a polícia.

A Prefeitura de São Bernardo do Campo também afirmou que irá abrir uma sindicância na segunda-feira (26) para apurar o ocorrido, que também será informado à Comissão de Ética do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo.

Fonte: g1, www.g1.com.br