Preso o maior distribuidor de cocaína do Rio

Preso o maior distribuidor de cocaína do Rio

Roupinol morreu atirando contra policiais e com granadas na cintura.

O traficante Rogério Rios Mosqueira, 32 anos, o Roupinol, era considerado pela polícia o maior distribuídor de cocaína do estado do Rio e estava sendo investigado há mais de cinco anos. Ele foi morto durante confronto com policiais civis numa operação no Morro São Carlos, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira.

Segundo a polícia, Roupinol, que era um dos alvos também da Polícia Federal, usava, ao ser morto, um cinto com granadas.

De acordo com a polícia, o criminoso era aliado de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, favela da Zona Sul do Rio em que teria se escondido após algumas fugas. Roupinol respondia por mais de 28 mandados de prisão.

O traficante saiu da casa e tentou furar o cerco atirando. Segundo a versão do policial, Roupinol foi baleado e morto na Travessa Castro Alves, no Morro São Carlos. Assim que os integrantes da quadrilha ficaram sabendo de sua morte, houve diversos disparos em vários pontos da favela. O cerco contou com a ajuda de um helicóptero e do carro blindado da polícia.

A polícia espera que, com a morte de Roupinol, a entrada de grandes quantidades de drogas seja dificultada. ?Ele era um expoente dentro da facção, por ser o principal fornecedor de cocaína do estado. Agora, nosso trabalho é impedir que outros ocupem o lugar dele?, completou o delegado.

Fonte: g1, www.g1.com.br