Preso o suspeito de executar professora

Preso o suspeito de executar professora

Corpo estava enterrado em praia, com sinais de estrangulamento

Um suspeito de matar a professora Telma Fontoura, de 53 anos, em Pontal do Paraná (PR), foi preso na noite de terça-feira (13). O homem, de 43 anos, negou o crime. Ele foi indiciado por homicídio e encaminhado para uma prisão cadeia de Paranaguá (PR).

O corpo da professora foi encontrado na segunda-feira (12), enterrado na areia, e tinha marcas de estrangulamento. A vítima vivia em Curitiba e passava férias na região, onde possuía uma casa. Ela desapareceu na tarde de domingo (11), após sair para uma caminhada.

Segundo a polícia, o suspeito é natural de Curitiba e morava em Pontal do Paraná há sete meses. Ele já havia sido detido por roubo.

O irmão da vítima ajudou na identificação do suspeito. O homem estaria próximo ao local do crime e deixou a família desconfiada. Na casa dele, foram encontrados um par de tênis e uma calça jeans sujos de areia. O delegado José Antônio Zuba Oliva explicou que o solado do tênis é compatível com as marcas encontradas no local.

O corpo passou por exames no Instituto Médico Legal de Paranaguá (PR), que vão determinar se a vítima sofreu abuso. Os laudos devem ser divulgados em até 30 dias.

Fonte: g1, www.g1.com.br