Pastor é preso acusado de pedofilia no Rio

A ação contou com a participação de 40 homens da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente

Um pastor evangélico acusado de pedofilia foi preso, na manhã desta quarta-feira, na favela do Mandela, em Manguinhos, zona norte do Rio. A polícia informou que o religioso foi capturado dentro de uma igreja e não reagiu. As vítimas passaram por exames psicológicos e de corpo de delito que comprovaram o crime.

A ação contou com a participação de 40 homens da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), além de um helicóptero. O pastor vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

De acordo com o delegado Marcos Cipriano, responsável pelas investigações, o suspeito levava algumas crianças para casa após os cultos realizados nas noites de sexta-feira, afirmando que as conduziria à cerimônia na manhã de sábado. As investigações tiveram início há um ano depois que moradores registraram denúncia na DPCA.

Fonte: Terra