Preso policial suspeito de estuprar ao menos 11 em bosque

Alves passou a ser chamado de maníaco do bosque.

A Justiça de São Paulo decretou na última terça-feira a prisão temporária por 30 dias do soldado da Polícia Militar André Roberto Vieira Alves, 30 anos, suspeito de ter cometido 11 estupros em cidades do sul da Grande São Paulo em dois anos. Alves é do 25º Batalhão, em Itapecerica da Serra, e tinha como uma de suas funções patrulhar a área onde as vítimas foram atacadas. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com investigações da Polícia Civil e da Corregedoria da PM, ele foi reconhecido por cinco vítimas. Alves é investigado por outros seis casos e passou a ser chamado de "maníaco do bosque", pois as vítimas eram atacadas numa área de mata conhecida como Boca da Onça. O PM está detido no Presídio Militar Romão Gomes.

Fonte: Terra